APLB-Sindicato – Rede Estadual e Interior – Muita animação marca o “Arraiá da Educação”

Muita animação marca o “Arraiá da Educação”

19 de junho de 2015 14
FORRÓ DA APLB-SIND-18.06 (21)
Os professores das redes estadual e municipais participaram de uma aula diferente na noite de quinta-feira (18 de junho), mas desta vez não foi dentro de uma sala de aula, mas sim no “Arraiá da Educação”, promovido pela APLB-Sindicato, no Clube Espanhol. Os educadores brilharam no arrasta pé, forró pé de serra, alegria e descontração e receberam nota dez no quesito animação, ao som de convidados especiais como Zelito Miranda, grupo Pé na Chinela, e a dupla Andréia Rizzo e Denny Nunes.
O “Arraiá da Educação” já se tornou uma tradição e a cada ano mais animado fica. Esta versão de 2015 contou com muita empolgação e uma participação massiva da categoria. A deputada federal Alice Portugal (PCdoB) prestigiou o evento.
Fotos: Getúlio Lefundes

 

 

 

Notícias anteriores:

 cartaz do forró 2015.indd

14 Comentários »

  1. EVILÁZIO MAGALHÃES 13 de julho de 2015 at 14:35 - Reply

    Colegas, finalizamos a segunda e última etapa do Curso de Aperfeiçoamento em Tecnologias Educacionais, a dúvida é:será se realmente vamos receber o aumento de 8,75% como previsto!

  2. Darlene 9 de julho de 2015 at 8:58 - Reply

    Colegas, teremos mais uma etapa do Curso de Aperfeiçoamento em Tecnologias Educacionais em 2016? Gostaria de ler o edital, mas não o encontrei. Como sugestão, a APLB poderia disponibilizá-lo aqui em sua página.

  3. Elielson 7 de julho de 2015 at 14:56 - Reply

    APLB,

    Gostaria de saber quando será realizado o curso de Aperfeiçoamento em Tecnologia Informacional para os professores que estavam em estágio probatório?

  4. Izabela 29 de junho de 2015 at 10:18 - Reply

    Olá APLB!
    Gostaria de saber quando será realizado o curso de Aperfeiçoamento em Tecnologia Informacional para os professores que estavam em estágio probatório?

  5. GÓES 29 de junho de 2015 at 9:38 - Reply

    Ana Maria Rocha procure se informar melhor sobre a inflação e reposição dos salários pelo governo do Estado, falta conhecimentos da sua parte.

  6. Diana 27 de junho de 2015 at 18:51 - Reply

    Concordo José Silva, pois até o momento nada de assembléia do Estado, estamos silenciosos.

  7. Marcelino Assis 27 de junho de 2015 at 12:57 - Reply

    Prezada Ana Maria, 8,75% não é reajuste e sim certificação/2014, é lei e não reposição inflacionária.

  8. José Silva 24 de junho de 2015 at 19:06 - Reply

    APLB muda e politicamente contra o município!! assembléia estadual?? Pinga… Municipal é todo dia!! acordem colegas!! Chega!!!!Justiça , entrarei na justiça contra a decisão e calote do estado em meus vencimentos!!

  9. ana maria rocha 20 de junho de 2015 at 23:25 - Reply

    1-Sr. Rafael está enganado. A proposta da prefeitura é pior. A data base é em janeiro e não em maio como o sr. escreveu.
    2- De janeiro a janeiro a inflação será de 8.75 e NETINHO apenas propõs 6.41.sendo que a categoria perde 3 meses, um a mais que o Estado. Quem luta não é a diretoria e sim a categoria. O município tem efetiva participação e o estado quer apenas paralisações para se divertir e não aparece nas lutas. Eu participo e tenho efeivo conhecimento do que escrevi. Ser oposição não é mentir e sim contribuir para melhorar. A união faz a força.

  10. ana maria rocha 20 de junho de 2015 at 23:17 - Reply

    Sr. Rafael procurou saber qual a data base da prefeitura? Informe-se antes de publicar. A data é em janeiro . E pagará a 2ª parcela em dezembro. outra coisa de janeiro a janeiro a inflação é de 8.75 e o prefeito propôs 6.41. A do Estado cobriu sim a inflação. E vamos ter quase 16% até novembro. Somando 8.75 em junho mais o percentual de novembro. Como que a prefeitura foi melhor se é abaixo da inflação?? Vamos publicar verdades e não ser oposição apenas para escrever o que quer sem as informações corretas. Ser oposição não é mentir.acompanho todos os boletins e faço as leituras.

  11. Letícia Nunes 19 de junho de 2015 at 14:35 - Reply

    Com certeza colega, é gritante a diferença da atuação da APLB com relação ao ESTADO e MUNICÍPIO.

  12. Juju 12 de junho de 2015 at 14:55 - Reply

    Boa, Rafael!

  13. Telma 10 de junho de 2015 at 20:28 - Reply

    O site do portal do servidor divulgou uma nota esclarecendo que não havia feito o desconto da contribuição sindical no mês de abril dos intativos e que, por isso, descontaria o valor dobrado na folha de maio. Fui conferir e verifiquei que, no meu caso, foi descontado o valor no contracheque do mês de abril e duas vezes no mês de maio. E aí, APLB, como é que fica?.

  14. Rafael 10 de junho de 2015 at 17:05 - Reply

    Atenção APLB!

    A proposta apresentada pela prefeitura de Salvador é muito parecida com a proposta do estado, mas ligeiramente melhor, visto que a primeira parcela retroage a data base municipal, em maio.
    No estado perdemos dois meses de retroatividade na 1ª parcela e o sindicato informou que entrará na justiça mas até agora não apresentou o número do processo.
    Já que o sindicato briga no município, e se omite no estado, está na hora de buscarmos outra representação para luta pelos direitos da categoria.

Deixe seu comentário »