Opções

Ache fácil

Greve Geral da Educação: APLB-Sindicato convoca a todos para grande ato nesta quinta (3) na Praça do Campo Grande, em Salvador

 

A APLB-Sindicato dos Trabalhadores em educação convoca as redes estadual, municipal e interior do Estado da Bahia para paralisar às atividades na Greve Geral da Educação, participando de um grande ato amanhã, 3 de outubro, na Praça do Campo Grande, em Salvador.

A mobilização nacional foi convocada pela União Nacional dos Estudantes (UNE), a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e a Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG).

O coordenador-geral, Rui Oliveira explica que aqui na Bahia, além da APLB outras entidades como  Assufba, Sinasef, Apub, Une, Ubes, Abes, Ueb, Aduneb entre outras, vão paralisar as atividades nos dias citados.

“Hoje (2), tivemos um ato em defesa da Educação Pública, às 9h, na reitoria da UFBA. Nesta quinta-feira, às 9h, haverá concentração no Campo Grande. No interior, haverá mobilizações nas principais cidades. A orientação é que delegacias e núcleos se articulem com as entidades envolvidas, para uma manifestação unificada”, informou Rui.

 

Para a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), a conjuntura educacional vem se tornando caótica: o projeto “escola sem partido”, a militarização das escolas, o ataque à liberdade de cátedra, a retirada de verbas das universidades e dos subsídios aos programas de pesquisa são atitudes autoritárias e fascistas de um (des)governo com a marca da destruição.

“É por isso que todos devemos estar nas ruas, nas diversas mobilizações marcadas para o dias 2 e 3 de outubro, para barrar esses retrocessos”, conclama o presidente da CNTE, Heleno Araújo.

É greve porque é grave!

Todos às  ruas!

 

Top