Opções

Ache fácil

APLB mobiliza ações contra exigências da prefeitura para servidores atuarem nas escolas de Tanhaçu

A APLB-Sindicato já está mobilizando algumas ações contra a prefeitura municipal de Tanhaçu, a 74 km de Brumado, tendo em vista que o Município estaria obrigando servidores da educação a comparecerem às escolas, mesmo com as aulas suspensas (veja aqui). Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o diretor regional do órgão, César Nolasco, disse que a APLB já está cobrando uma ação do Conselho Municipal de Educação e da Câmara de Vereadores. “As autoridades locais, tanto sanitárias, quanto políticas, têm que perguntar ao prefeito: por que expor esses trabalhadores a esse risco desnecessariamente?”, argumentou. Além disso, o diretor sindical adiantou que a APLB também está formulando uma denúncia ao Ministério Público, haja vista que, segundo frisou, configura crime por parte de qualquer gestão municipal expor os cidadãos ao risco. “A prefeitura de Tanhaçu sabe que é um risco expor a população, tanto que baixou um decreto pedindo o isolamento social nesse momento de pandemia. O setor de educação não é essencial, inclusive está de recesso. A responsabilidade total é do governo. Estamos providenciando uma ação judicial para impedir que o prefeito encaminhe esses servidores ao trabalho sem necessidade alguma”.

(Reprodução  – acheisudoeste.com.br )

Top