Opções

Ache fácil

APLB SE POSICIONA E REPRESENTANTES DE ESCOLA REAFIRMAM: SMA – SUSPENDER PARA DIALOGAR!

A direção da APLB-Sindicato convocou os Representantes de Escola, na manhã desta terça-feira (7/04), para discutir sobre a Campanha Salarial e a Sistemática de Monitoramento e Acompanhamento Pedagógico da Rede Municipal de Ensino de Salvador (SMA).

A reunião iniciou com a intervenção do coordenador-geral da APLB-Sindicato, professor Rui Oliveira, sobre a conjuntura politica e a mobilização dos trabalhadores frente ao governo fascista de Bolsonaro. Falou da necessidade da participação de todos na Educação, marcada para o dia 15 de maio, próxima quarta feira, contra o desmonte da aposentadoria, rumo a greve nacional da classe trabalhadora e conclama os representantes a intensificarem a convocação junto a comunidade escolar para participarem das atividades desse dia.   

SMA: SUSPENDER PARA DIALOGAR!

Frente as criticas, dúvidas e inquietações dos professores e coordenadores pedagógicos, acerca da Sistemática de Monitoramento e Acompanhamento Pedagógico (SMA) que vem prejudicando o tempo pedagógico do aluno, além de outras dificuldades levantadas por todos, a direção da APLB-Sindicato apresentou posição para a categoria de SUSPENDER PARA ENTENDER o SMA para que a SMED dialogue.

 Nesta reunião de representantes, diversos companheiros apresentaram vários questionamentos sobre o SMA, fruto das discussões nas suas unidades escolares e, à tarde, na reunião com o Fórum de Gestores o debate levou a unificar um novo formato da campanha: SUSPENDER PARA DIALOGAR! Lamentavelmente a SMED incorreu no grave erro de não dialogar, não escutar, não debater e não formar os professores, coordenadores pedagógicos, demais funcionários, alunos e pais sobre essa sistemática de implementar um novo modelo de caderneta informatizada.

 É necessário deixar bem claro que não há nenhuma posição contrária a informatização da caderneta, entretanto há problemas na sua aplicação, te provocado excesso de atribuições para os professores e coordenadores pedagógicos, bem como a SMED precisa cumprir o seu papel de fazer a escuta junto ao sindicato e a categoria.  Por esse motivo, a APLB orienta a todos a suspensão da sua aplicação e encaminhará um documento ao Secretário da Educação e ao Ministério Público, bem como tratará na próxima assembleia, que será realizada no próximo dia 23/05 quinta- feira, às 14h, no Ginásio dos Bancários.

. CAMPANHA SALARIAL:

Sobre a Campanha Salarial, a direção da APLB teve uma reunião no dia 25 de abril com o secretário Municipal de Gestão, Thiago Dantas que tratou dos pontos da pauta, entretanto sem respostas positivas. Nova rodada de reunião deverá ocorrer nos próximos dias. As informações e encaminhamentos sobre o movimento deverão ser tratados na Assembleia Geral, precedida de reunião de representantes de escola.

Foi apresentado o informe sobre a eleição de gestores escolares. A APLB-Sindicato está atenta na condução do processo de Eleição do Gestor Escolar. Em sua fala, o diretor Marcos Barreto informou que o cronograma da eleição deverá ser publicado nos próximos dias, com previsão do processo eleitoral ocorrer no mês de agosto.

À LUTA COM UNIDADE, COMPANHEIROS!

VAMOS TODOS SUSPENDER O SMA PARA EXIGIR QUE A SMED DIALOGUE!

NÃO À REFORMA DA PREVIDÊNCIA!

CONTRA O CORTE DE VERBAS PARA A EDUCAÇÃO!

GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO: 15 DE MAIO

GREVE GERAL DA CLASSE TRABALHADORA: 14 DE JUNHO

Fotos: Getúlio Lefundes

 

Notícias anteriores:

Atenção: Reunião de Representantes de Escola, nesta terça-feira (7), às 9 h, no auditório da APLB

A APLB-Sindicato convoca os Representantes de Escola para reunião, nesta terça-feira, dia 07/05, às 9h, no auditório do sindicato.

PAUTA:

  1. CAMPANHA SALARIAL

  2. SMA

Top