Opções

Ache fácil

APLB-SINDICATO EXIGE PROVIDÊNCIAS NAS ESCOLAS PARA EVITAR PROLIFERAÇÃO DO CORONA VIRUS

Preocupada com a proliferação do Corona Vírus, a APLB-Sindicato, através de sua diretoria, já solicitou aos governos estadual e municipal que providências sejam tomadas nas escolas de Salvador e de todo o Estado.  Para Rui Oliveira, coordenador-geral, as medidas precisam ser adotadas imediatamente. “Vamos ver da melhor forma possível de como fazer essa proteção para os alunos e para os trabalhadores em Educação – professores, coordenadores pedagógicos e funcionários. Essa doença tem um alto índice de contagio e a previsão é que o número de pessoas infectadas cresça. As escolas precisam tomar providência já que é um lugar de aglomeração de pessoas, o que facilita a transmissão do vírus” declarou Rui.

REDE ESTADUAL

Representantes da Rede Estadual de Ensino da APLB-Sindicato, da Secretaria de Educação e da Secretaria de Saúde estarão reunidos nesta segunda-feira, 15h, no Centro Administrativo da Bahia para tratar  a pandemia do corona vírus. “Não podemos esperar para acontecer, queremos que todas as escolas tenham material de limpeza e asseio. Álcool gel, papel, toalha, sabão para lavar as mãos. Para que os alunos não sejam contaminados, precisamos que tenha uma equipe que fiscalize, que crie um comitê para combater e acompanhar a pandemia que deve se instalar em Salvador.” disse Rui.

Sobre a possível suspensão das aulas, Rui afirma que o assunto também será discutido nessa reunião, “A concentração de alunos em algumas escolas é muito grande, tem algumas que tem mais de mil alunos. Que medidas serão tomadas? Vamos discutir também a criação de um horário alternativo e uma campanha para os trabalhadores da Educação que tenham mais de 50 anos, faixa etária atingida com mais gravidade por essa doença. Enfim, precisamos propor muitas coisas aos secretários de Educação e Saúde.” finalizou.

 

REDE MUNICIPAL

Representantes da Rede Municipal de Ensino da APLB-Sindicato também estão tomando medidas. Um ofício foi encaminhado ao prefeito de Salvador, ACM Neto, exigindo que medidas sejam tomadas para proteger toda a comunidade escolar. “Estamos preocupados com proliferação do vírus nas escolas, precisamos proteger toda a comunidade escolar e para isso já solicitamos providências ao executivo municipal. O secretário de Educação, Bruno Barral, convocou reunião com a direção da APLB- Sindicato e o Fórum de gestores, amanhã,  16h,  para tratar da questão. Fiquem certos que a APLB não descansou , nem descansará,  enquanto as medidas não forem tomadas para a preservação das nossas  vidas e dos nosso povo” informou a diretora Elza Melo.

 

 

 

Top