Opções

Ache fácil

Em Feira de Santana – Paralisação com manifestação pela Gratificação do Difícil Acesso

A APLB-Feira convocou os trabalhadores em educação das Escolas Estaduais com Gratificação de Difícil Acesso de Feira de Santana para paralisarem as atividades nesta quinta-feira, 25, e um ato de manifestação foi realizado em frente ao Núcleo Territorial de Educação – NTE 19, unificando a luta da categoria pela garantia do direito a gratificação.

Reivindicamos a garantia das gratificações aos professores e coordenadores que moram distante do centro da cidade, em Feira de Santana oito escolas tem o direito ao Difícil Acesso: Paulo VI; Maria José Silveira; Padre Henrique; João Batista Carneiro; Conego Cupertino; Colégio Estadual De Jaguara; Edivaldo Machado Boaventura e Dr Carlos Valadares, onde muitos professores solicitaram e não recebem, e até mesmo algumas gratificações foram suspensas. Em Salvador, foram retirados as gratificações de cinco escolas que se encontram paralisadas. Na próxima sexta-feira, 26, será realizada plenária no Colégio Central, em Salvador, às 14h, para discutir os rumos do movimento.

Informaremos os encaminhamentos à categoria.

APLB SINDICATO, SÓ CONQUISTA QUEM LUTA!

Top