Opções

Ache fácil

Executiva da APLB participa do processo de discussão entre a direção do Núcleo de Mata de São João e o prefeito do município

Nesta quarta-feira (8), a direção executiva da APLB-Sindicato marcou presença na reunião entre os dirigentes do Núcleo de Mata de São João e o prefeito do município, o senhor Otávio Marcelo Matos de Oliveira (PSDB), com o objetivo de apoiar o processo de discussão. Os diretores Marcos Barreto e Hércia Azevedo estiveram presentes na reunião e mantiveram o diálogo aberto. 

Entre os pontos discutidos, a necessidade de equacionar a jornada de trabalho e o cumprimento da reserva de 1/3 da jornada para as atividades extraclasse no Município de Mata de São João. A reunião apresentou alguns avanços. Um deles é que o prefeito irá nomear duas comissões para resolver com o Sindicato os problemas que afligem a educação no Município de Mata de São João.

A primeira será mensal com a Secretaria de Educação para tratar das questões pedagógicas e administrativas da rede; e a segunda para discussão técnica da questão do reajuste e da Regularização da Reserva e atualização das leis da Educação. Uma das questões bastante discutidas entre o Executivo Municipal e a APLB-Sindicato referiu-se à grande insatisfação dos professores quanto à sua jornada de trabalho. Após discussão técnica, o executivo municipal reconheceu os entraves e irá regularizar, conforme a legalização da jornada dos professores, a situação em curso.

Durante o encontro também foram abordados outros pontos importantes como:

1. O reajuste salarial que devido a profundidade de estudo ficou pra ser discutido em outra reunião entre os técnicos da APLB-Sindicato e o governo em mesa de negociação;

2. Paralisação Nacional – O prefeito sinalizou não descontar o dia da Greve Nacional – 15 de maio- entretanto, o gestor sinalizou que cumprirá o que prevê a legislação, mantendo sua posição quanto ao não recebimento do abono de assiduidade para quem participar. Salientamos que essa posição será discutida na assembleia em virtude da direção não concordar com esse procedimento que ignora a justificativa da falta por motivos de assembleia ou paralisações. Na próxima reunião a direção sindical afirma que vai dar continuidade ao diálogo com a administração do entendimento de não haver prejuízo para a categoria porque a lei prevê a participação dos filiados nas convocações das atividades sindicais;

3. A direção da Executiva Estadual solicitou o apoio dos filiados da Rede em Mata de São João para organizar Caravanas e fortalecer o movimento no dia 15 de maio, em Salvador, tendo em vista que será em parceria com vários movimentos, como o estudantil e o das universidades.

O Núcleo de Mata de São João manterá a realização da Assembleia no local (litoral) em data definidas, sendo que será enviada uma Circular para as unidades escolares. A direção aguarda a próxima reunião com o Executivo Municipal para discussão técnica e discussão das prioridades visando resolver a situação que aflige nossos trabalhadores docentes e após essa discussão convocará a assembleia, para dar retorno a todos sobre o pleito.

A direção do núcleo sindical solicita aos colegas que ajudem na Eleição de Representantes, pois é preciso a organização no setor de Trabalho dos  filiados. É preciso aproximar os filiados das discussões para que todos estejam envolvidos e possam participar dando suas sugestões e contribuições, no direcionamento da luta da APLB de Mata de São João;  Na próxima assembleia o Núcleo contará com a participação da executiva Estadual para fortalecer e orientar na Campanha Salarial de 2019.

Núcleo de Mata de São João explica abaixo como será o processo de mobilização para a Greve Nacional – 15 de Maio: 

Nós da direção da APLB Sindicato em Mata de São João estamos organizando o movimento e queremos dar nossa contribuição. Entretanto, não temos como organizar duas frentes. Solicitamos a colaboração e sugestão dos filiados nesse sentido. Acreditamos na importância de fazer juntos e sabendo que é um movimento nacional reconhecemos que Salvador precisa sair na vanguarda com expressividade. Assim, poderemos sair com um ônibus para levar os nossos filiados e faríamos nossa atividade da Greve em conjunto com a Executiva Estadual. A decisão da assembleia foi em organizar nosso movimento para o dia 15/05 e compreendendo que é preciso contarmos com todos solicitamos a manifestação do interesse se faremos no município ou iremos para Salvador engrossar as trincheiras da luta. Esperamos manifestações dos colegas na ENQUETE que será aberta em nosso site ainda, pois, a preocupação é em não termos números suficientes para realizarmos o ato em Mata de São João e não contribuirmos com os colegas no movimento de Salvador. 

Aguardamos sugestões no site: http://www.aplbmatadesaojoao.com.br/  já que não terão assembleia por esses dias. 

 

Top