Opções

Ache fácil

PROTESTO TAMANHO G – Educadores fortalecem o Dia Estadual de Luta e Paralisação dos Servidores Públicos e ocupam às ruas em grande caminhada

Fotos: Getúlio Lefundes

Servidores unidos não temem a luta! Os trabalhadores em Educação do Estado da Bahia mais uma vez fizeram a diferença e se destacaram fortalecendo um grande protesto “tamanho G” com muita gente, nesta terça-feira, 2 de Abril, Dia Estadual de Luta e Paralisação dos Servidores Públicos do Estado da Bahia. Os trabalhadores em Educação atenderam à convocação da APLB-Sindicato, inclusive com caravanas do interior do Estado como Feira de Santana, Serrinha, Irecê, Ilhéus, Santo Estevão, Barrocas, Santo Amaro, entre outros, e engrossaram o movimento de protesto.

Diversas categorias de servidores públicos também atenderam ao chamado dos seus respectivos sindicatos e estiveram juntos da região da Praça do Campo Grande até a Praça da Piedade, saindo em uma grande caminhada para denunciar à população os desmandos do Governo do Estado contra os servidores.

O protesto teve o objetivo de fortalecer a união dos servidores e conscientizar toda a sociedade que também é afetada com as medidas do Governo contra os trabalhadores. Com faixas, cartazes, apitos, carro de som e muita criatividade os servidores  realizaram um grande ato. 

A pauta conjunta, construída por cinco entidades, APLB-Sindicato, Sinpojud, SindSefaz, SindSaúde e  Sintest, foi enviada ao governador Rui Costa. A ideia é pressionar o governador para que marque uma audiência contemplando os itens: Reajuste Linear pra todo funcionalismo ativos e aposentados; tratar do Planserv; pagamento do salário mínimo; URV.

Caso o Governo do Estado não sente para discutir a pauta, os servidores públicos ameaçam uma Greve Geral! Foi intensa a participação dos servidores públicos na manifestação. Confira no vídeo abaixo:

Acompanhe no vídeo abaixo a convocação do coordenador-geral da APLB-Sindicato, professor Rui Oliveira, sobre a agenda geral de mobilizações.

O calendário com agenda de mobilizações para a luta dos servidores estaduais será articulada pelo Fórum de Entidades do Funcionalismo Público Estadual composto pela APLB-Sindicato, Sindsaúde, Sindsefaz, Sinpojud e Sintest.

 AGENDA DE LUTA  GERAL: 

11 de Abril – Dia Nacional de Luta em Defesa dos Precatórios do FUNDEF.

24 de Abril – Aniversário de 67 anos da APLB-Sindicato

24 de Abril – Dia  de Mobilização Nacional contra a Reforma da Previdência, Rumo à Greve Geral, definido pelas Centrais Sindicais.

26 de abril – Debate Estadual sobre a Reforma da Previdência, em Salvador, às 9h, no Centro de Cultura da Câmara de Vereadores. As regionais devem realizar também debates sobre o tema.

15 de Maio –  Greve Geral de Todos os Trabalhadores do Brasil contra a Reforma da Previdência.

 

 

Notícias anteriores:

Clique aqui para baixar (PDF, 1.08MB)

2 DE ABRIL – Dia Estadual de Luta e Paralisação dos Servidores Públicos, com concentração no Campo Grande e caminhada até a Praça Castro Alves, às 9h.

A APLB-Sindicato convoca todos trabalhadores em Educação e inclusive organizará caravanas do interior. O movimento está sendo articulado pelo Fórum de Entidades do Funcionalismo Público Estadual composto pela APLB-Sindicato, Sindsaúde, Sindsefaz, Sinpojud e Sintest.

A pauta conjunta, discutida  com as cinco entidades, já foi enviada ao governador Rui Costa e aguarda audiência contemplando os itens: Reajuste Linear pra todo funcionalismo ativos e aposentados; Tratar do Planserv; Pagamento do salário mínimo; URV.

Todos às ruas! Resistir e lutar por nenhum direito a menos!

Top