Opções

Ache fácil

O vitorioso protesto dos professores da Rede Estadual em frente à SAEB, no CAB. Governo vai responder os questionamentos do sindicato até 4 de junho

Os professores da Rede Estadual reivindicam do governo: melhoria na prestação de serviços do Planserv; agilização no processo das aposentadorias de 2016 e 2017; atualização da reclassificação de quem está na ativa e aposentados; e o reajuste linear.

Às 11 horas – terça-feira, 22 de maio -, começou a reunião com os representantes do governo na Secretaria de Administração (SAEB). Até o dia 04 de junho haverá nova reunião com Etelvino Góes e Walter Pinheiro, respectivamente secretários da Administração e da Educação, que darão as respostas do governo aos pleitos da APLB-Sindicato. 

 Por volta de 9 horas, foi iniciada a manifestação:

    

Fotos: Luciano Cerqueira

 

 Fotos: Jorge Carneiro

        

Notícias anteriores

Nesta-feira, dia 22 de maio, os trabalhadores em educação da Rede Estadual da Bahia vão mostrar que estão insatisfeitos com algumas questões que, por falta de agilidade ou definição de prioridade, não foram cumpridas como o acordado em reuniões da APLB-Sindicato com representantes do governo.

A manifestação é nesta terça-feira, dia 22 de maio, às 9 horas, em frente à Secretaria Estadual de Administração (SAEB), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), os trabalhadores em educação vão se concentrar e exigir:

  • Melhoria na prestação de serviços do Planserv

  • Agilização no processo das aposentadorias de 2016 e 2017

  • Atualização da reclassificação de quem está na ativa e aposentados

  • O reajuste linear

 

Top